» Guia Interpretativo Transportes XXI da 2ª Fase da Rede 7

»  Introdução  »  Carreiras alteradas  »  Suprimidas  »  Novas  »  Eu estou habituado a...  »  Ficha Técnica


Carreiras Novas


São o ponto de partida de todo o processo de reformulação da rede da Carris. É em sua função que são definidos os cortes e as alterações de percurso. No entanto, neste guia são referidas em último lugar, pois a melhor compreensão do processo de alteração passa primeiro por conhecer quais as carreiras a ser alteradas e a ser extintas, para posteriormente absorver os novos conceitos, ou seja, as novas carreiras.

Serão 8 as carreiras a criar (702, 706, 709, 745, 757, 758, 781 e 782), conforme se explica:


702 Marquês de Pombal <> Serafina, via Campolide

Toma o percurso da carreira 2 entre o Marquês de Pombal e a Serafina. O percurso não substituído, da carreira 2, é assegurado pela carreira 711 e pelo metropolitano.


706 Sul e Sueste <> Santa Apolónia, via Praça do Chile

Toma o percurso da carreira 6 entre o Cais do Sodré e a Avenida Mouzinho de Albuquerque. O percurso entre o Sul e Sueste e o Cais do Sodré é efectuado via Avenida da Ribeira das Naus, sendo o terminal no Sul e Sueste integrado num novo interface composto por três lugares de terminal de carreira. O percurso entre a Avenida Mouzinho de Albuquerque e a estação de Santa Apolónia é efectuado pela Calçada de Santa Apolónia, Rua da Bica do Sapato e Rua dos Caminhos de Ferro (percurso da carreira 794), sendo o terminal no Largo dos Caminhos de Ferro.

Reforça as ligações entre o Sul e Sueste e o Cais do Sodré e garante ainda o eixo Praça do Comércio <> Santos e São Bento que a carreira 713 deixa de efectuar.
Oferecerá serviço nocturno entre a Estação de Santa Apolónia e a Praça do Chile.


709 Sul e Sueste <> Campo de Ourique (Prazeres), via Largo do Rato

Trata-se do percurso da carreira 9 entre aqueles dois pontos. O terminal no Sul e Sueste será num novo interface com três lugares de terminal de carreira (para 706, 709 e 711). Permite o acesso entre as freguesias de Santo Contestável e Santa Isabel até à Baixa de Lisboa, nomeadamente com o interface do Sul e Sueste.


745 Santa Apolónia <> Prior Velho, via Entrecampos

Trata-se da fusão das carreiras 90 e 45. Corresponde à carreira 90, em toda a sua extensão, sendo prolongada de Entrecampos ao Prior Velho pelo percurso da carreira 45 (Alvalade, Aeroporto e Encarnação). Garante, portanto, o percurso da carreira 45 entre a Praça do Comércio e o Prior Velho. Permite a ligação de Santa Apolónia e Alfama às Avenidas Novas que até agora só se encontrava garantida às horas de ponta.



757 Alto do Chapeleiro (circulação Via Charneca)


Esta nova carreira local tem regime de circulação entre a Charneca e o Alto do Chapeleiro, constituindo uma alternativa à carreira 17C que será suprimida. Fará serviço por arruamentos envolventes à Charneca e Galinheiras que não estavam dotados de serviço da Carris. O restante trajecto entre as Galinheiras e a Charneca (via Rua Doutor Manuel Rodrigues Júnior) que a carreira 17C proporcionava, e que não se encontra no trajecto da nova carreira 757, estará ao cargo das carreiras 17 e 108.


758 Cais do Sodré <> Portas de Benfica, via Sete Rios

Corresponde ao percurso da carreira 58, com melhoria de frequência. Permite a ligação desde Benfica ao centro da cidade (Bairro Alto e Cais do Sodré).


781 Cais do Sodré <> Prior Velho, via Olivais

Substitui a carreira 81 entre a Praça do Comércio e o Prior Velho. O percurso entre o Cais do Sodré e a Praça do Comércio será efectuado pela Rua do Arsenal. Permite o reforço das ligações do Cais do Sodré até às estações do Sul e Sueste e de Santa Apolónia, além de continuar a garantir a ligação rápida entre Prior Velho e Olivais até ao centro da cidade.


782 Cais do Sodré <> Praça José Queiroz, via estação Oriente

Tem o percurso da carreira 82 entre o Cais do Sodré e o cruzamento com a Avenida de Berlim. O percurso entre este ponto e a Praça José Queiroz irá ser efectuado via estação Oriente, Avenida João II e Rua João Pinto Ribeiro. A zona dos Olivais Velho que deixa de ser servida pela carreira 82, e não será servida pela carreira 782, continuará com o serviço da carreira 28 (Restelo <> Portela, via Cais do Sodré).
Permite o reforço das ligações rápidas entre a estação Oriente e o centro da cidade e continua a garantir o eixo Moscavide <> Cais do Sodré.


   Login

User
Password
Relembrar Login
 
» Registe-se aqui !

   Pesquisa

Pesquisa avançada
   Sabia que...?

As primeiras composição do Metro de Lisboa - ML7 - laboraram entre 1959 e o ano 2000?

   Foto aleatória


© 2004-2014 Transportes XXI — Transportes & Mobilidade, todos os direitos reservados.
Os conteúdos presentes neste portal são da exclusiva responsablidade dos seus autores.
Acerca do Transportes-XXIMapa do portalContacto
desenvolvimento
desenvolvido por AlojamentoVivo