Notícias
Novos autocarros da STCP apresentados
João Cunha | 29.03.2007

Foram ontem apresentados pela STCP os novos autocarros a gás natural, que a partir de agora passam a fazer parte da empresa. A apresentação foi feita na recolha de Francos, com a presença da Secretária de Estado dos Transportes, a Engenheira Ana Paula Vitorino.

São trinta novos autocarros articulados e cinquenta standard, que permitem renovar a frota e baixar a média de idade da frota para 6,8 anos. Os autocarros Volvo B10M (articulados), com mais de 20 anos, podem finalmente ser abatidos de serviço comercial, sendo também abatidas várias dezenas de autocarros Mercedes O405 (standard).

Os novos autocarros reforçam a posição de liderança da STCP no recurso a energias alternativas para locomoção das suas viaturas urbanas, marcando estes autocarros um grande passo em frente em matéria de comodidade, acessibilidade e ambiente, o que contribui para atingir as metas estabelecidas pelo governo no PNAC - Plano Nacional para as Alterações Climáticas.

A frota da STCP passa a contar com 493 autocarros, 255 a gás natural, ultrapassando assim a fasquia dos 50% da frota movida a gás natural - agora fixa em 52%. Todos os veículos estão equipados com ar condicionado, possuindo 70% do total da frota esta característica. Passam a ser 88% da frota os autocarros com piso rebaixado, e 54% aqueles que estão dotados de rampa de acesso, o que segundo a empresa a coloca na liderança nacional em matéria de acessibilidade.

A STCP consegue com este reforço de meios movidos a gás natural uma significativa vitória em matéria ambiental: desde 1999, reduz 50% as suas emissões poluentes. Mas as vantagens estendem-se também ao campo financeiro. De facto, um autocarro a gás natural apresenta um custo de operação por quilómetro 27% inferior aquele que tem um autocarro a gasóleo., reduzindo ainda a manutenção dos autocarros, visto que não precisam de mudar o óleo, por exemplo.

O investimento total feito com esta encomenda de 80 veículos ascende a 23 milhões de Euros, tendo a STCP assinado um contrato de leasing operacional, pagando 2,5 milhões de Euros anuais.

Os trinta autocarros articulados configuram agora a série 1101 - 1130, e foram fabricados integralmente na Alemanha pela MAN, e fazem parte da sua gama de autocarros urbanos "Lion's City", que recebeu os prémios de design e autocarro do ano de 2005. Vêem equipados com um motor de 310 cv e de 12 litros, tracção no eixo traseiro, caixa automática ZF, tendo um comprimento total de 18,75 metros. Cada autocarro dispõe de dois validadores, bandeiras de destino de LEDs, cadeiras Urban 90, e começaram a operar hoje nas linhas 205 (Campanhã - Castelo do Queijo) e 501 (Sá da Bandeira - Matosinhos).

Os cinquenta autocarros standard, série 3201 - 3250, têem chassis MAN de 310 cv, e são carroçados pela CaetanoBus, modelo "City Gold MAN 2K CNG" de nova geração, e adoptam a generalidade dos conceitos aplicados nos autocarros articulados.

Durante a apresentação dos novos autocarros, a secretária de estado deu um forte apoio à actual administração da STCP, referindo as alterações feitas no quadro da aplicação da Nova Rede como "corajosas" e "necessárias", para promover a intermodalidade de serviços e tarifários na Área Metropolitana do Porto. Quem não ficou convencido com este discurso da tutela foi o movimento de Utentes de Transportes Públicos do Grande Porto, que à porta das instalações da recolha de Francos promoveu uma mini-manifestação de protesto, reinvindicando o cancelamento da Nova Rede e a reposição da anterior.

Finda a apresentação no auditório da Recolha de Francos, seguiu-se um pequeno passeio a bordo do autocarro nº 1101, onde foi possível verificar as excelentes condições que estes veículos proporcionam aos passageiros, e o bom rendimento da sua motorização. Pormenores como a rampa automática para acesso a cadeira de rodas foram também alvo de destaque. Apesar de já estarem em serviço comercial, falta ainda aplicar a video-vigilância e o painel de informações interior, cuja aplicação será feita em breve.

A partir da próxima semana, está prevista a mutação da carreira 600 (Lóios - Maia) da recolha Via Norte para Francos, de modo a procederem-se a reforços da oferta recorrendo aos novos autocarros articulados.
   Login

User
Password
Relembrar Login
 
» Registe-se aqui !

   Pesquisa

Pesquisa avançada
   Sabia que...?

A composição mais antiga em serviço no Metro de Lisboa é de 1993, e a mais recente é de 2002?

   Foto aleatória


© 2004-2014 Transportes XXI — Transportes & Mobilidade, todos os direitos reservados.
Os conteúdos presentes neste portal são da exclusiva responsablidade dos seus autores.
Acerca do Transportes-XXIMapa do portalContacto
desenvolvimento
desenvolvido por AlojamentoVivo