Notícias
Linha da Beira Alta com segurança melhorada
Leandro Ferreira | 25.01.2017

Ao longo do ano de 2016 a Infraestruturas de Portugal desenvolveu um conjunto de intervenções tendo em vista reparar, corrigir e melhorar a estabilização de taludes na Linha da Beira Alta, nomeadamente aqueles cuja estabilidade havia ficado comprometida em virtude das intempéries que se fizeram sentir.

Este processo foi agora concluído com o término da empreitada de estabilização de taludes nos PK 139,060 e PK 139,570, através da qual se procedeu à retirada de blocos rochosos e arvoredo em todo o talude e aplicação de rede de tripla torsão de modo a impedir a queda e invasão do canal ferroviário.

No âmbito desta intervenção foram igualmente reabilitadas as passagens hidráulicas e efetuado o reperfilamento de linhas de água de modo melhorar as condições de drenagem, preservando a plataforma de via.

De assinalar que a obra, embora contígua à via-férrea, foi desenvolvida sem comprometer a circulação regular de comboios e que com a sua conclusão foi possível suprimir uma limitação de velocidade de 60 km/h, num troço com uma extensão de 1 040m, onde a circulação voltou a processar-se com o limite de 90 km/h.

No conjunto, tendo em conta as diferentes ações de estabilização de taludes na Linha da Beira Alta visando corrigir os danos provocados pelo mau tempo, foram investidos mais de 640 mil euros, tendo sido repostas as condições de circulação e, consequentemente, os níveis de disponibilidade e fiabilidade da infraestrutura ferroviária.

De referir, neste domínio, que em resultado destes investimentos, entre fevereiro e dezembro de 2016, foi possível reduzir as limitações de velocidade implementadas, de 16 para 11, e diminuir o possível impacto que delas decorre para a circulação de comboios, de 16 para 6 minutos.

Para 2017, estão planeadas diferentes ações de melhoria das condições da infraestrutura na Linha da Beira Alta e tratamento de taludes, com um investimento associado de cerca de sete milhões de euros.


   Login

User
Password
Relembrar Login
 
» Registe-se aqui !

   Pesquisa

Pesquisa avançada
   Sabia que...?

O maior inimigo de um hélice é a cavitação, ou seja, a vaporização da água em pequenas bolhas devido a uma substancial queda de pressão no bordo anterior das pás que quase instantaneamente implodem, chegando mesmo a arrancar pedaços minúsculos da estrutura do hélice?

   Foto aleatória


© 2004-2014 Transportes XXI — Transportes & Mobilidade, todos os direitos reservados.
Os conteúdos presentes neste portal são da exclusiva responsablidade dos seus autores.
Acerca do Transportes-XXIMapa do portalContacto
desenvolvimento
desenvolvido por AlojamentoVivo