Notícias
Metro do Porto ultima plano de expansão
Leandro Ferreira | 18.01.2017

A Metro do Porto deverá apresentar até ao final do mês, o plano de expansão da rede previsto para os próximos anos.
Recorde-se que a Metro de Lisboa apresentou em meados de Dezembro o seu plano de expansão, que terá por base o prolongamento da linha Amarela entre Rato e Cais do Sodré. O investimento de 215 milhões de euros e que se prolonga por 1900 metros, permitirá reduzir a saturação da linha Azul na ligação entre o eixo central e a zona ribeirinha.

No Porto e apesar de diversos ambiciosos projetos apresentados nos últimos 20 anos, a expansão será mais contida, uma vez que os recursos disponíveis são escassos.
O Jornal de Noticias, na edição de 15 de Janeiro, avança como provável a execução da linha do Campo Alegre, mas abandonando para já a ligação a Matosinhos. A nova linha estabelecerá a ligação entre São Bento (interface entre a estação ferroviária e a linha D do Metro do Porto) e a estação da Casa da Música (integrante do tronco comum Estádio do Dragão - Senhora da Hora), permitindo aliviar a sobrecarga deste congestionado eixo e criar um novo interface, em alternativa à estação da Trindade.


A nova linha, com 3,8 quilómetros de extensão e integralmente construída em túnel, servirá zonas importantes como o Hospital de Santo António, o pólo universitário constituído pelas Faculdades de Letras, Arquitetura e Ciência) e o Campo Alegre, estando previsto no seu percurso estações no Carmo, Palácio de Cristal, Faculdade de Letras e Campo Alegre.

Em São Bento nascerá uma nova estação, subterrânea, que ficará posicionada entre o final da Praça da Liberdade e a Rua Sá da Bandeira, onde surgirá  um novo ramal de interseção com a linha D, estabelecendo a ligação técnica para as composições.
A estação da Casa da Música projetada para servir de término a uma futura linha para Vila Nova de Gaia deverá receber uma nova plataforma para término desta ligação. 

A par desta linha, está em estudo uma versão menos onerosa do prolongamento da linha D até Vila d Este, servindo Laborim, a Quinta do Cedro e o Hospital Santos Silva.
No extremo oposto e face à atual limitação operacional na zona entre as estações do IPO e Hospital de São João, a estação terminal receberá um segundo cais, terminando com a atual exploração em via única dos últimos metros da linha D no concelho do Porto. 
   Login

User
Password
Relembrar Login
 
» Registe-se aqui !

   Pesquisa

Pesquisa avançada
   Sabia que...?

Uma embarcação desloca um volume de água correspondente ao seu peso total?

   Foto aleatória


© 2004-2014 Transportes XXI — Transportes & Mobilidade, todos os direitos reservados.
Os conteúdos presentes neste portal são da exclusiva responsablidade dos seus autores.
Acerca do Transportes-XXIMapa do portalContacto
desenvolvimento
desenvolvido por AlojamentoVivo